Vergonha de selecção

Não bastava ter perdido uma vez por 0-3 com os Eslovenos, tinhamos que repetir a dose desta vez em casa. O público presente na Póvoa não merecia a falta de aplicação dos nossos jogadores que em vez de jogarem o jogo da sua vida, jogaram mais um jogo como se de preparação se tratasse.

Numa convocatória duvidosa em que em 12 jogadores tinhamos só 2 pontas/receptores, o que veio a condicionar a nossa selecção quando foi necessário substituir o desastrado André Lopes e passamos a jogar com o  Hugo Gaspar como ponta (falso), levando a que o Flávio tivesse uma tarde desinspirada na recepção.

De positivo a re-entrada de Miguel Maia que demonstrou que a sua interpretação do jogo ainda é capaz de impor uma dinâmica ofensiva que põe o bloco adversário a pedir tréguas.

Como diz o velho ditado Português, Rei posto Rei morto e a aposta é :

Qual o próximo seleccionador…?

Bem que podia ser quais os próximos dirigentes…? ou então quais os próximos Jogadores..?

Aos primeiros era fácil substituir pois pior é impossível…

Aos segundos dada a escassez de mão de obra…baralha e volta a dar

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: